O Problema Do Brasileiro Fofoqueiro e Invejoso Nos E.U.A.

Com­par­til­he Esse Arti­go!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Muitos brasi­le­rios deix­am o Brasil mas trazem con­si­go algu­mas coisas neg­a­ti­vas da cul­tura brasileira.

Fofo­ca e uma delas.  Dev­i­do a luta e os desafios do imi­grante ile­gal, e em muitos casos, o imi­grante legal nos Esta­dos Unidos, uma peque­na parte da comu­nidade brasileira faz bar­ra­co com seus con­ter­râ­neos.

Quem já no ouviu his­to­ria sobre alguém lig­ar para o ICE ou repor­tar alguém pelo for­mulário online feito para entre­gar pes­soas por casa­men­to fal­so ou por estar ile­gal no pais?  Existe ate um numero -1–866 e um 1–800 grátis para dedo-duros.  Corte­sia do USCIS.

E aque­les brasileiros que inven­tam his­to­rias ou exager­am os fatos para faz­er a caveira de um out­ro con­ter­râ­neo dev­i­do a inve­ja? E pior que isso, e  quem acred­i­ta em men­ti­ras, fofo­cas, ale­gações sem provas e sem ouvir dois lados de uma his­to­ria mal con­ta­da?

Muitos brasileiros res­i­dentes nos EUA sug­erem que você fil­tre bem suas amizades.  

Com­pre seu amule­to con­tra olho gor­do, você vai pre­cis­ar.

Se você não acred­i­ta­va em “mal olha­do”, “olho gor­do” comece a usar uma figa e tome um ban­ho de ervas para  se descar­regar  dos inve­josos e fofo­queiros den­tro das comu­nidades brasileiras nos EUA. Porque tem mui­ta gente inve­josa, petu­lante e sem escrúpu­los moran­do aqui.

Se bater na madeira afas­ta o azar aqui, tem mui­ta gente cara de pau que merece levar uns tapas.

E os mal agrade­ci­dos?  Tem tam­bém. Exis­tem brasileiros aqui que querem aju­dar recém-chega­dos. Querem aju­dar ao próx­i­mo. No fim acabam levan­do no tra­seiro.

Tem gente que aju­dou out­ros com mora­dia, quar­to para morar, comi­da, emprego, novas amizades, e ate mes­mo caronas para o tra­bal­ho pois o sis­tema da ônibus e táx­is não e’ muito bom na maio­r­ia dos esta­dos norte-amer­i­canos.

E depois a pes­soa aju­da­da faz a caveira de quem lhe aju­dou, trai, inven­ta men­ti­ras, exagera e inven­ta his­to­rias e ain­da aca­ba fer­ran­do a própria mão que um dia lhe ali­men­tou. Se você não acred­i­ta, fale com brasileiros de índole que resi­dem nos EUA ha muitos anos.

 

E, exis­tem aque­les que são usurpadores. Usam os out­ros para seus próprios bene­fí­cios, espe­cial­mente den­tro das comu­nidades. Den­tre ess­es, muitos já foram ate pre­sos por crimes, este­lion­a­to, vio­lên­cia e ate mes­mo homicí­dio.

Final­mente, tem aque­las pira­nhas atras de Green Card. Enquan­to 80% das brasileiras que chegam aqui são gente de bem, umas 20% são opor­tunistas. Procu­ran­do algum amer­i­cano estáv­el para casar e pegar res­i­den­cia no pais. Mas isso não car­ac­terís­ti­co somente em relação as brasileiras, as rus­sas, muitas asiáti­cas, lati­nas e europeias fazem isso tam­bém para se ajeitar no pais.  O USCIS diz que 30% dos casa­men­tos são fraud­u­len­tos.

Resu­min­do, se você vai morar nos EUA, legal ou ile­gal­mente, cuida­do com seus con­ter­râ­neos. E difí­cil crer como alguns con­seguiram  vis­to de entra­da para o pais.  Cuida­do com a malan­dragem, com os pilantras, os mal- agrade­ci­dos, os fofo­queiros, men­tirosos, os que tem aparên­cia de bon­dade por fora mas por den­tro são cheios de ossos podres.

Se alguém vem falar mal de out­ra pes­soa, sem evi­den­cias, e se a pes­soa em questão não esta pre­sente para se defend­er, você esta lidan­do com uma fofoqueira/o fil­ha ou fil­ho do demônio. Um dia ele ou ela vai meter o pau em você tam­bém.  

Per­gunte para out­ros brasileiros se o que foi expos­to nesse arti­go não cor­re­sponde a ver­dade e a real­i­dade nesse pais.  E’ uma pou­ca ver­gonha!

 

 

 

Sua Opinião?