Outros Rumos Para O Brasileiro Revoltado

Com­par­til­he Esse Arti­go!
  • 275
  •  
  •  
  •  
  •  
    275
    Shares

Esse arti­go não foi escrito com o intu­ito de  agradar todo mun­do então já fique no aler­ta. Se você não tem tem­po de ler esse tex­to no celu­lar, leia out­ra hora no seu lap­top ou desk­top.

Você só tem uma vida: onde você vai quer­er pas­sar o resto dela? 

Salien­tan­do que esse tex­to não inten­ciona “meter o pau no Brasil” mas sim obser­va que mil­hões de pes­soas sofrem opressão econômi­ca e polit­i­ca. Esse arti­go ofer­ece uma alter­na­ti­va para alguns e não uma solução ger­al para todos.

Imi­gração

Quan­do a situ­a­cao se tornou deploráv­el em out­ros país­es, as pes­soas imi­gravam para out­ros lugares tan­to soz­in­has quan­to com suas famílias. Chama-se imi­gração. Out­ros  per­manece­r­am em seus país­es de origem  para lutar  eten­tar mudar o gov­er­no. Por exem­p­lo, os romenos. Não tem nada de erra­do com isso. Chama-se patri­o­tismo, espir­i­to de luta, etc. Sem­pre vai haver oposição em todas as coias, e vai haver os heróis e os vilões.

Os EUA se tornou uma potên­cia mundi­al dev­i­do em grande parte a imi­gração. Não recomen­do imi­gração ile­gal pois isso pode acabar com seus son­hos ines­per­ada­mente! Eu dese­jo o mel­hor para você e para sua família seja no Brasil ou em qual­quer out­ro lugar do mun­do, pois exis­ti­mos para ser­mos felizes.

Como um imi­grante, eu enten­do como fun­ciona o proces­so de sair do Brasil, pois amei o Brasil e o deix­ei com 16 anos de idade para ten­tar uma vida mel­hor. Out­ros fiz­er­am a mes­ma coisa por motivos semel­hantes.  Con­fi­ra.

Não esqueça de com­par­til­har esse arti­go com seus par­entes e ami­gos.

Vamos lá?

Fato:  Muitos brasileiros pref­er­em morar em out­ras partes do mun­do.

Exis­tem mil­hares de brasileiros em Dublin, Irlan­da, Ale­man­ha, Itália, Por­tu­gal, Espan­ha, Cana­da e provavel­mente em muitos out­ros país­es que não são tão pop­u­lares.

Fato: Críti­cas e pre­con­ceitos con­tra os EUA sem­pre vão exi­s­tir.

Mas isso não faz difer­ença nen­hu­ma para mil­hões de pes­soas moran­do aqui. Muitos brasileiros querem encaixar os EUA em uma posição dramáti­ca, obscu­ra, grotesca, exager­a­da e cri­ar uma imagem de dom­i­nação glob­al, pre­pon­derân­cia, impe­ri­al­is­mo, etc. Essa con­ver­sa fia­da já e vel­ha e já foi ouvi­da em mil­hares de bote­cos de pin­ga no Rio e em SP. Logi­co que os EUA têm poder e domínio. Por isso se chama uma potên­cia mundi­al bem como a Chi­na e Rús­sia.

Fato: Exis­tem Mil­hões De Brasileiros Insat­is­feitos 

Como vocês podem notar no vídeo abaixo, alguns brasileiros só não retor­nam para o Brasil porque não encon­tram pas­sagens aéreas mais em con­ta! Veja o caso desse rapaz recla­man­do da vida aqui.

Mil­hares de brasileiros per­manecem nos Esta­dos Unidos mes­mo sem vis­to vali­do! Não e’ recomendáv­el! Imag­ine os que moram aqui com Green Card e cidada­nia? Você acha que eles querem ir emb­o­ra para o Brasil?  A maio­r­ia dos que dese­jam retornar  e’ por causa de suas famílias, prob­le­mas de doc­u­men­tação ou fal­has de adap­tação. Geral­mente, quem e doc­u­men­ta­do retor­nam aos EUA  depois de matar as saudades. Out­ra coisa, aqui exis­tem tan­tos brasileiros que muitos fazem amizades para o resto da vida.

Voce sabia que nem  O Brasil nem o Temer pas­sam pela mente de  99.9% dos amer­i­canos?

Geral­mente o Brasil não e tópi­co de con­ver­sação entre amer­i­canos a não ser que eles vão faz­er tur­is­mo, negó­cios ou algo pare­ci­do. Eu nun­ca vi um amer­i­cano metendo o pau no Brasil. Se hou­ver um, seria um bêba­do ou uma exceção. Os norte-amer­i­canos estão mais  pre­ocu­pa­dos com suas próprias vidas e seus afaz­eres. 

As vezes pen­so que exis­tem mais brasileiros pre­ocu­pa­dos com o Trump do que os próprios norte-amer­i­canos. Men­cio­nou o nome  Trump, logo em segui­da vem aque­la  mes­ma ladain­ha e ver­são pre-embal­a­da dizen­do  que ele espal­ha o ódio, que vai depor­tar todo mun­do, e bla bla bla.  O Oba­ma depor­tou mais imi­grantes ile­gais que out­ros pres­i­dentes ante­ri­ores.

Puxan­do o saco dos EUA?” 

Nem pre­cisa. Os fatos falam por si mes­mos. Os EUA tem mais bolas do que os que ficam só de longe recla­man­do e ati­ran­do dar­d­os, enquan­to  O Brasil  per­manece com um rom­bo maior do que o do Titan­ic.  

Os EUA e’ per­feito?”

De for­ma nen­hu­ma!

Aqui existe crime, dro­gas, vio­lên­cia, trafego ilíc­i­to de pes­soas, pros­ti­tu­ição, aten­ta­dos, ataques,  enfim,  desafios semel­hantes a out­ros país­es desen­volvi­dos. Mais de  3 mil­hões de pes­soas vivem atras das grades no sis­tema pre­sidiário, e uma grande maio­r­ia delas são imi­grantes ile­gais que come­ter­am crimes ou se envolver­am em gangues vio­len­tas, geral­mente lig­adas ao Méx­i­co e Amer­i­ca Cen­tral.

Ate ago­ra não temos obser­va­do nada aqui que leva mil­hares ou mil­hões de norte-amer­i­canos as ruas em protesto. Hou­ve muitos pran­tos, ranger de dentes e lamen­tações dos esquerdis­tas ao perderem uma eleição jus­ta. Geral­mente quem protes­ta nas ruas são gru­pos de mino­rias temen­do perder algu­ma mama­ta, posição ou ben­efi­cio. Ou revolta­dos por perderem a mamadeira. (Min­ha opinião pes­soal).

Pes­soas Arriscam A Vida Para Vir Para Os EUA!

Quan­tas pes­soas você nota  arriscan­do a vida pelos deser­tos, pelos rios, pelo mar, pelas mon­tan­has, pelo tuneis, pelo mato e pelas fron­teiras para entrarem no Brasil? No entan­to isso ocorre diari­a­mente em relação aos Esta­dos Unidos. Os EUA não têm obri­gação nen­hu­ma de aco­modar todo mun­do aqui! Note que vários brasileiros ja mor­reram ten­tan­do pas­sar pelo Méx­i­co. Algo alta­mente arrisca­do e con­tra a lei. Não  recomen­do isso. Leia nos­sas dicas nesse site sobre isso!

E Quan­to As Guer­ras?”

Não e’ o povo que decide guer­ra aqui. Elas ocor­rem e pron­to. Exis­tem muitas teo­rias atras do porque os EUA sai para a briga. Eu nun­ca votei em guer­ra nen­hu­ma. São decisões fora do con­t­role da pop­u­lação ger­al. Sol­da­dos jovens  lutam, retor­nam dan­i­fi­ca­dos ou mor­rem  lá onde o Judas perdeu as botas. No entan­to existe pes­soas que nem resi­dem aqui  ou investem um dólar na briga mas fazem questão de meter o nar­iz na luta dos out­ros. Se os EUA cair, fal­har ou desmoronar, leva mui­ta gente jun­to, inclu­sive você. Imag­ine se o dólar sai fora do mer­ca­do!

Mas e os Tiroteios em Mas­sa dos Psi­co­patas?”

Sem­pre vai haver maluco(s) em qual­quer lugar. Com­par­a­ti­va­mente falan­do, no Brasil 7 pes­soas mor­rem por hora como viti­mas de vio­lên­cia. Somente o ano pas­sa­do no Brasil, mais de 66,000 mil pes­soas foram assas­si­nadas, isso com 210 mil­hões de habi­tantes e aqui nos EUA com 310 mil­hões? Tem ideia?  Somente 17,250, com o maior numero de casos na Cal­i­for­nia e Texas.

Patri­o­tismo

Exis­tem mil­hões de brasileiros cheios de patri­o­tismo que não pos­suem nen­hum inter­esse em deixar sua pátria ama­da e idol­a­tra­da. Igualz­in­ho aqui. Eles acred­i­tam que brasileiros de ver­dade ficam, sofrem e lutam pela pátria ate mor­rer. Porem, depois dos anos pas­sarem e sem muito suces­so, pas­sam a luta para seus fil­hos e netos. Uma luta semi-per­pé­tua. Virou tradição. Enquan­to isso o pobre se fer­ra, e os cor­rup­tos pas­sam o lega­do e grana toda para seus herdeiros. A maio­r­ia dos norte-amer­i­canos tam­bém não deixari­am a pátria, mas 8 mil­hões já moram no exte­ri­or e não são mil­itares!

Con­ver­sa Fia­da Não Enche Bar­ri­ga

O Brasil, em si, e’ mar­avil­hoso em ter­mos de beleza nat­ur­al, recur­sos nat­u­rais e calor humano — ate’ você se deparar com um ban­di­do arma­do e menor de idade! O Brasil exibe um povo geral­mente ale­gre, de bra­do retum­bante, mes­mo diante de muitos obstácu­los. Mas isso não resolve seu prob­le­ma econômi­co se você não estiv­er bem de vida. Você não vai poder pagar suas con­tas ou com­prar sua casa própria, car­ro, etc. com a beleza, recur­sos nat­u­rais, a ale­gria do povo ou o calor humano. Você vai ter que ralar muito se for pobre ou rece­ber uma her­ança. Se for rico ou finan­ceira­mente estáv­el, dai e’ out­ro esque­ma. Mui­ta con­ver­sa, mui­ta recla­mação e pou­ca ação não causa mudanças sig­ni­fica­ti­vas.

Mas o Brasil não tem furacão, ter­re­mo­to, tsuna­mi e vocês ai vivem com medo!”

Medo? A maio­r­ia das pes­soas aqui não tem medo de nada. Lidamos com tais even­tos nat­u­rais quan­do eles acon­te­cem, recon­struí­mos tudo e bola para frente. Você não viu como Mia­mi ficou toda inun­da­da, e dai? Já pas­sou e a vida con­tin­ua.

E ser hou­ver um ter­re­mo­to enorme em algum lugar, lidamos com isso quan­do ocor­rer. Socor­re­mos os sobre­viventes e enter­ramos os mor­tos. Você já lidou com os ter­re­mo­tos finan­ceiros e furacões de Brasília? Eu me pre­ocu­paria mais com isso e com ban­di­dos do que com o que pode ocor­rer aqui em ter­mos de desas­tres nat­u­rais.

Meu úni­co medo e’ checar meu sal­do bancário no fim do mês. Maior sus­to! De resto, tudo numa boa!

Con­tin­uan­do…

O brasileiro pobre e da classe media atu­al não aguen­ta mais,  por isso obtém seu pas­s­aporte, vende tudo, pega um vis­to e cai fora pois ele ou ela sabe que só tem UMA vida para viv­er e não quer perder tem­po envel­he­cen­do jun­to com a Globo, cor­rupção, crime, fal­ta de punição, roubal­heira, ped­a­lan­do sem sair do lugar, ladain­ha eter­na sobre polit­i­ca, mudanças, etc.

A lista e’ muito lon­ga.

Video: Homem expres­sa sua ira con­tra a situ­a­cao no Brasil!

Ess­es brasileiros que pos­suem uma visão maior sobre o que querem da vida, são pes­soas dis­postas a se arriscarem, saírem da zona de con­for­to e tentarem uma vida mel­hor em out­ro lugar. A maio­r­ia vai enfrentar prob­le­mas de doc­u­men­tação, legal­iza­ção mas isso não impede a pes­soa de se ajeitar na vida moran­do no exte­ri­or. Tan­to e’ que olhan­do no Face­book, exis­tem dezenas de gru­pos “Brasileiros em _______”(nome do pais). Muitos dess­es gru­pos tem mil­hares de par­tic­i­pantes.

Esse pes­soal que aban­dona o Brasil, não são traidores?  Deixaram suas famílias, seus ami­gos para cor­rerem atras de ilusões em out­ro pais?”

Se isso fos­se ver­dade, não exi­s­tiri­am imi­grantes na história do mun­do. Essa e’ uma per­gun­ta meio besta que ocorre de vez em quan­do. Por que? Porque tem pes­soas com uma lin­ha de pen­sa­men­to de gal­in­ha e não de águia. Ou seja, ficam fazen­do as mes­mas coisas todos os dias e esperan­do resul­ta­dos difer­entes em relação ao Brasil e suas vidas.

A real­i­dade de mil­hares de pais de famil­ia no Brasil. Sabe quan­to gan­ha um camioneiro licen­ci­a­do nos EUA, que seja legal­iza­do no pais? R$122,000-R$238,000 por ano! ($40,000-$73,000)

Mes­mo Esque­ma, Épocas Difer­entes

Na min­ha opinião pes­soal, o Brasil não mudou nada em ter­mos de ordem e pro­gres­so há mais de 50 anos! Mudou a tec­nolo­gia, mudaram as fig­uras polit­i­cas, mudou a moe­da (varias vezes). Existe mui­ta des­or­dem e muito regres­so cau­san­do sofri­men­to desnecessário.

Per­gunte para seus pais e seus avos. Eles teste­munharam passeatas, can­tos e can­cões de protestos nos anos 60–70.

Mil­hões de brasileiros lutaram con­tra a ditadu­ra mil­i­tar e, 50–60 anos depois, o Brasil con­tin­ua com o mes­mo lega­do de cor­rupção, explo­ração, com­bi­nações sec­re­tas atras de por­tas fechadas e sem­pre tem um ou out­ro políti­co esper­to que diz que vai resolver tudo se for eleito.  Isso não e’ nada de novo!

Entre no YouTube. De uma volt­in­ha no pas­sa­do politi­co, e pesquise sobre os protestos de 40–50 anos atras!  Note que o Brasil ain­da tin­ha o mes­mo papo de sem­pre sobre revol­ta con­tra a cor­rupção e o sis­tema, e todo mun­do tin­ha aque­la von­tade de ver o Brasil melhorar…Quem foi esper­to pux­ou o car­ro ja nes­sa epoca! E se voltasse hoje, 50 anos depois. O Brasil apre­sen­taria o mes­mo quadro de décadas pas­sadas! Pode uma coisa dessas? Pode.

Os EUA teve suas revoltas tam­bém, mas pelo menos aqui, hou­ve pro­gres­so, mais dire­itos e igual­dade para o cidadão amer­i­cano.

Você ta’ me dizen­do que amer­i­cano e’ mel­hor que a gente?”

Pare com  com­plexo de infe­ri­or­i­dade bem como alguns aqui com com­plexo de supe­ri­or­i­dade. Ambos estão erra­dos. Ninguem e’ mel­hor que ninguém! Todos vão para o mes­mo bura­co! Essa e’ out­ra beleza aqui nos EUA. Todo mun­do tem dire­itos iguais, seja ele mil­ionário ou pedreiro. Você entra em um ban­co de chine­lo e bermu­da e sera trata­do como um mil­ionário de ter­no e gra­va­ta, pelo menos em 99% dos casos.

No Brasil, nem porte de arma o cidadão pos­sue para autode­fe­sa, prisão per­pet­ua ou pena de morte, entre out­ras coisas para com­bat­er a crim­i­nal­i­dade. Ulti­ma­mente dizem que ban­di­do tem mais dire­itos que as próprias viti­mas? Ridícu­lo! E nos­sos heróis no Brasil, home­ns e mul­heres da poli­cia que com­bat­em o crime a arriscam suas vidas ain­da não recebem um salario mel­hor? Ridícu­lo.

Mas eu não gos­to dos EUA!”

Tem mil­hões que gostam. Alem dis­so, os EUA tem sido bom e tol­er­ante pois deixou mais de 15 mil­hões de imi­grantes ile­gais entrarem, seja pelas fron­teiras ou com vis­tos de não imi­grantes. Mas deixou.

E você pen­sa que não tem amer­i­cano que já pulou fora dos EUA tam­bém? Exis­tem mais de 8 mil­hões de norte-amer­i­canos não mil­itares residin­do em out­ros país­es! (Asso­ci­a­tion of Amer­i­cans Res­i­dent Over­seas).

Se os EUA quisesse colo­car um fim na imi­gração ile­gal, eles sabem como faz­er. Cus­taria uns $400 bil­hões de dólares. No momen­to, o cus­to-bene­fí­cio não faz muito sen­ti­do pois cen­te­nas de empre­sas lucram muito com a pop­u­lação ile­gal. Os imi­grantes ile­gais são con­sum­i­dores de pro­du­tos e serviços, bem como ofer­e­cem mão de obra necessária no mer­ca­do de tra­bal­ho. No entan­to, sob o Trump, a coisa esta aper­tan­do em relação a imi­gração ile­gal no pais. Tem ate’ gente fican­do rica venden­do seguro de vida para imi­grantes ile­gais.

Inclu­sive via mar­ket­ing the mul­ti­niv­el!

Mas, voltan­do ao assun­to…

Os jovens uni­ver­sitários de hoje, pelo menos os de mente mais aber­ta, estão enten­den­do que sair para as ruas fazen­do protestos por mais barul­hen­to que seja, não lev­am a nada, não mudam nada e ain­da por cima arriscam con­fron­tos, vio­lên­cia e cadeia. Mil­hões de pes­soas estão com rai­va, bravas, e não aguen­tam mais serem explo­radas. Ate os ricos estão pre­ocu­pa­dos porque depen­dem do poder aquis­i­ti­vo do povo e da econo­mia.

Muitos brasileiros estão cain­do fora para out­ros país­es e isso já vem acon­te­cen­do há muitos anos.  Mil­ionários brasileiros já se ajeitaram tan­to no Brasil bem como no exte­ri­or.

E o pobre?

O pobre se fer­ra se ficar aco­moda­do. Isso em qual­quer lugar do mun­do. Per­to do Brasil exis­tem out­ros país­es onde o pobre pode ten­tar uma nova vida. Eu con­heci um cara bem pobre que mudou para San­ti­a­go, Chile e ele tra­bal­ha­va como garçom lá, ten­do mais segu­rança e uma vida mel­hor.  Alem dis­so, você vai encon­trar brasileiros de origem humilde e pobre pelo mun­do afo­ra.  Quer­er e’ poder.

Então fica a per­gun­ta:

Brasil, ame-o, ou deixe-o?”

Quem inven­tou essa frase ja imag­i­na­va a pos­si­bil­i­dade de muitos deixarem o pais. Essa frase e’ meio bre­ga pois só lhe ofer­ece duas opções. Pode­ria soar mel­hor: “Brasil, con­certe-o, dai ame-o, ou deixe-o!”

Veja bem, você pode con­tin­uar aman­do o Brasil de longe se quis­er. Quan­do ele virar aque­le lugar legal, seguro, cheio de “poten­cial”, você sem­pre pode retornar. E’ seu dire­ito como cidadão brasileiro. Ou você pode per­manecer no Brasil arriscan­do a vida sem saber se vol­ta para casa todo dia, um sen­ti­men­to comum entre mil­hares de brasileiros.

Quase tudo que você vê hoje em ter­mos de cor­rupção e polit­i­ca não e’ novi­dade! 

Tudo isso já  ocor­ria antes de você ter nasci­do e provavel­mente vai con­tin­uar a ocor­rer depois que você tiv­er par­tido desse mun­do. Quem entra no poder,  quer per­manecer no poder. A mama­ta e muito grande. E’ uma pirâmide.  Os salários são altos, o poder quase irre­sistív­el e o con­t­role exten­so.

E como o brasileiro não tem o espíri­to de Tiradentes, ou dos France­ses entre 1789–1799 ou ate mes­mo a índole de um Dom Pedro I, pois gan­hou a inde­pendên­cia de Por­tu­gal no gri­to — algo que não ocor­re­ria hoje em dia — então o Brasil vai con­tin­uar na mes­ma situ­ação, dia-apos-dia ate você ficar vel­ho. Não acred­i­ta? Per­gunte para seus pais e seus avos. Eles pres­en­cia­ram as mes­mas coisas  com per­son­agens difer­entes.

Mas e o amor a pátria?”

E o amor da pátria por você? Quem con­tro­la a pátria? Você ou os cor­rup­tos? Se você ama a pátria e quer ficar ai lutan­do por ela, parabéns, vai em frente e boa sorte. Já fazem mais de 5 décadas que tem gente lutan­do e  falan­do a mes­ma coisa que seus avos falavam. Mudou algu­ma coisa?

Fug­in­do do Brasil ao invés de ficar e lutar? Covardes!”

Se você esta inde­fe­so e  aparece um ladrão arma­do na sua frente, saben­do que você tem a chance de sair cor­ren­do ou enfrentar e levar um tiro, o que você escol­he­ria? Levar um tiro ou cor­rer? Nem todo mun­do que corre e’ covarde. E’ questão de preser­var a vida.

Vamos anal­is­ar essa tal de luta patrióti­ca que mui­ta gente fala. Mil­hões de pes­soas lutan­do para tirar 500 pes­soas do poder e não con­seguem realizar isso há décadas! Note que só’ para tirar uma pes­soa, a Dil­ma, já foi um sufo­co! Ago­ra diz­er que  quan­do o brasileiro procu­ra uma vida mel­hor em out­ro pais, vira covarde? Que idi­o­tice! E com tan­tos cora­josos no Brasil, ain­da não con­seguiram dom­i­nar uma mino­ria que con­tin­ua fazen­do mil­hões de trouxas?

Se todo mun­do que imi­grou para out­ro pais fos­se covarde…vamos faz­er uma listin­ha de imigrantes…que escol­her­am os EUA como nova pátria:

  • Albert Ein­stein
  • Sergey Brin — cri­ador do Google que você usa todo dia.
  • Levi Strauss —  o cara da sua cal­ca jeans.
  • Steve Chen — fun­dador do YouTube que você usa diari­a­mente.
  • Arnold Schwarzeneg­ger
  • Pele’ — mora nos EUA ha quan­tos anos, fio?

Adi­cione a essa lista uns 37,000,000 mil­hões de imigrantes…todos covardes?

Viu como e ridícu­lo chamar imi­grantes de covardes? Covardes por saírem de seus país­es para uma vida mel­hor na Améri­ca ou Europa?

Mas sair do Brasil para limpar ban­heiro, ser coz­in­heiro, lavar pratos e faz­er fax­i­na?”

Exa­to. Nos EUA todo tra­bal­ho e’ hon­ráv­el e pagam bem mel­hor do que no Brasil. Essa noção que brasileiros que moram aqui só limpam ban­heiros e’ pura ignorân­cia. Exis­tem brasileiros aqui donos de empre­sa, donos de cor­re­to­ria de imoveis, advo­ga­dos diplo­ma­dos no Brasil e nos EUA, donos de restau­rantes, comis­sários de bor­do, poli­ci­ais, e ate mes­mo um chefe do polí­cia! Donos de empre­it­eiras, empre­sas de impor­tação e expor­tação, médi­cos, enfer­meiros, pro­gra­madores, etc. Eu mes­mo sou um profis­sion­al na área de imoveis e mar­ket­ing dig­i­tal .

Se você pen­sa que brasileiro e escra­vo de amer­i­cano, você esta muito mal infor­ma­do. Primeiro ninguém aqui e ‘escra­vo’ de ninguém. Talvez muitos queiram pen­sar assim para não recon­hecerem o fato de que muitos brasileiros gan­ham aqui em um mês o que muitos no Brasil não gan­ham em um ano de tra­bal­ho. Emb­o­ra exista ai uma relação entre cus­to de vida e gan­hos, no final do mês, o pobre aqui esta bem mel­hor que o pobre no Brasil. Além dis­so, depois que muitos brasileiros se reg­u­lar­izam, eles seguem out­ras car­reiras, senão eles, os fil­hos tomam out­ros rumos na área edu­ca­cional e profis­sion­al. E só isso já vale a pena.

Voe com as águias e não com as gal­in­has. Exam­ine como você pode legal­mente reestru­tu­rar sua vida em out­ro lugar caso você não aguente mais a situ­ação no Brasil. Se seus fil­hos nascerem em out­ro pais, pelos menos existe a hipótese de falar duas lín­guas. Isso ai já seria um pas­so para frente na sua jor­na­da aqui nesse mun­do. Lem­bre-se que imi­grantes de out­ros país­es fugi­ram da Itália, Por­tu­gal, Ale­man­ha, enfim, e’ uma opção quan­do a coisa não ta’ boa em seu pais, seja ele o Brasil ou qual­quer out­ro onde você ain­da tem a liber­dade de cair fora.

Com sua doc­u­men­tação em ordem nos EUA, você sem­pre pode voltar e vis­i­tar, no entan­to viv­er em out­ro com menos dores de cabeça. Isso não e’ traição ou fal­ta de patri­o­tismo, e’ sim­ples­mente bom sen­so. Todos os dias, mil­hares de pes­soas entram e saem do Brasil, emb­o­ra não morem ai. Per­gunte para quem tra­bal­ha nas lin­has aéreas inter­na­cionais.

Mas Fique Tran­qui­lo, O Brasil Vai Mudar!”

Em 2018, O Brasil terá mais de 210 mil­hões de habi­tantes com uma média de idade de 31,7 anos. Dig­amos que metade dessa pop­u­lação gigante sejam adul­tos aci­ma de 18, ou seja, uns 105,000,000 de pes­soas e todas elas jun­tas não con­seguem reti­rar umas 300–500 pes­soas que dão as ordens e coman­dam o Brasil todo! E você acha que soz­in­ho você vai mudar algu­ma coisa, só com patri­o­tismo e dese­jo forte de alter­ar o des­ti­no da nação? Antes hou­ve um Tiradentes, coita­do. Ago­ra exis­tem mil­hões.

Se você não e’ bem de vida no Brasil, os riscos são grandes. Vale a pena? Se vale, então fica aí, esse arti­go não vai te aju­dar em nada.

Se 110 mil­hões de eleitores estão com as mãos atadas, o que você vai faz­er soz­in­ho, meu ami­go? Pense bem! O tem­po pas­sa muito rápi­do, daqui a pouco você já vai ter uma cer­ta idade onde ficara mais difí­cil sair da gaio­la e exper­i­men­tar out­ro sis­tema de vida. Abre o olho. Se ilu­mine.

Então a solução para o brasileiro revolta­do seria todo mun­do ir emb­o­ra, isso?

Não. Esse arti­go não vai resolver os prob­le­mas do Brasil via um êxo­do, se bem que os judeus puxaram o car­ro do Egi­to, cer­to? Quan­do a coisa aper­ta, sair fora se tor­na uma alter­na­ti­va para muitos. Nem todos vão obter vis­tos e essas pes­soas pode­ri­am con­sid­er­ar out­ros país­es alem dos EUA.

O Brasil tem solução sim, mas o preço seria muito alto. Então esta­mos falan­do de uma solução para poucos, pois no Titan­ic brasileiro, só uma mino­ria vai ter sal­va-vidas se hou­ver um naufrá­gio.

Lem­bre-se que, ess­es cor­rup­tos con­tra os quais e’ feito uma batal­ha ver­bal, dig­i­tal e  passeatas impro­du­ti­vas,  o dia que eles  quis­erem ir morar na Flori­da eles podem, ate’ mes­mo com passe diplomáti­co, e você?

Eu te odeio por morar nos EUA e achar que o Brasil  ta’ fer­ra­do!”

Tudo bem. Mas não fui eu quem fer­rou o Brasil. Você deve apon­tar os dedos para quem votou erra­do, para quem lid­er­ou erra­do e para quem roubou  e ain­da con­tin­ua rouban­do. Pense do jeito que você quis­er. Livre arbítrio. Enquan­to alguns ali­men­tam ran­cor con­tra os EUA e out­ros país­es livres, a tur­ma do con­t­role esta venden­do o Brasil por detras de suas costas. Como Assim? Clique aqui.

Vai Ser Tudo Mel­hor Se Eu Morar Em Out­ro Lugar?”

Depende. Morar ile­gal em out­ro pais apre­sen­ta riscos. Mas tem gente que pref­ere arriscar uma vida atípi­ca em out­ro lugar do que uma vida tipi­ca em seu próprio pais. Como disse antes, não recomen­do que ninguém que­bre as leis de onde reside.  Exis­tem pes­soas via­jan­do na maionese em relação aos EUA e muitos que­bram a cara, out­ros não. Tudo e meio rel­a­ti­vo. Tem gente quem vem pra cá e fica mil­ionária e out­ros vivem uma vida de cheque a cheque, de bico a bico e viven­do mais para seus fil­hos do que para si mes­mos. Tem gente que vem e se tor­na empreende­dor e des­fru­tam de uma vida legal. Nada e garan­ti­do. Mas ficar no Brasil pode garan­tir o que você tem vis­to des­de que nasceu. A escol­ha e’ sua. Eu já fiquei sem mora­dia aqui, já tive que dormir no car­ro, e ate pas­sei fome neste pais. Tambem obtive suces­so. Exis­tem altos e baixos, mes­mo para quem tem cidada­nia. A vida apre­sen­ta muitos desafios inde­pen­dente de seus sta­tus imi­gratório aqui.

Ami­go, você não men­ciona Deus!”

Ele espal­hou o povo por toda a ter­ra, não? Ou man­dou todos só para o Brasil? Pense bem. A maio­r­ia das pes­soas ain­da são livres para escol­herem qual pais seria mel­hor para elas, seja o Brasil ou out­ro lugar. Dessa maio­r­ia pou­cas qual­i­fi­cam para um vis­to e dessas, pou­cas qual­i­fi­cam para um vis­to de res­i­den­cia per­ma­nente. 

Mas pior de tudo, exis­tem mil­hões de pes­soas que estão proibidas de saírem de seus país­es dev­i­do a total­i­taris­mo e os EUA já esta começan­do a banir a entra­da de pes­soas prove­nientes de cer­tos país­es.

Para o bom entende­dor da men­sagem desse tex­to…

A vida e cur­ta. Boa viagem!

O autor desse tex­to e rad­i­ca­do nos EUA e tem cidada­nia norte-amer­i­cana. O tex­to não pre­tende ser bem redigi­do como se fos­se escrito por um jor­nal­ista profis­sion­al, já que o autor fala o inglês há muito mais tem­po que o por­tuguês e isso se tor­na obvio na redação. Con­cen­tre-se na opinião pes­soal do autor sobre o assun­to. 

Sua Opinião?